06Notícias

Por que choram os cães?

Embora o ser humano chore quando está triste ou quando sente dor, isso não significa que os cães chorem pelos mesmos motivos. Tal como ladrar, o...

Sabia que os cães também podem sofrer de TOC: Conheça quatro sinais

Alguns comportamentos dos animais de estimação podem ter origem emocional. O desenvolvimento de manias e comportamentos obsessivos pode estar...

Já podemos ver o mundo pelos olhos dos animais

Os humanos estão um passo mais próximos de ver o mundo como o veem os animais, graças a uma nova tecnologia desenvolvida por investigadores da...

Não deixe que o seu animal seja a casa de parasitas

Os animais são membros muito queridos nas nossas famílias. Por norma, mantemo-los sãos e protegidos dos riscos que podemos ver mas o que sucede com...

Cuidados no outono

É oficial, chegou o Outono. Embora o tempo mais fresco seja bem-vindo para alguns, os tutores devem ficar atentos aos cuidados com os seus animais,...

Não deixe que o seu animal seja a casa de parasitas

Os animais são membros muito queridos nas nossas famílias. Por norma, mantemo-los sãos e protegidos dos riscos que podemos ver mas o que sucede com o que não vemos?

É importante proteger o seu animal das ameaças que pode não ver a olho nu.

Em particular porque Aveiro é uma das zonas de maior risco a nível nacional, no que se refere a alguns tipos de parasitas.

Desparasitar o seu animal de vez em quando pode não ser suficiente.

Fale com o seu médico veterinário para obter mais informações acerca do risco de parasitas de acordo com os hábitos de vida do seu animal.

Siga com rigor o protocolo de desparasitação que o médico veterinário o aconselhar para proteger continuamente o seu animal e a sua família das ameaças invisíveis que os parasitas acarretam.

 

Informações úteis acerca do risco de parasitas

  • Na natureza há ovos e larvas de parasitas perante os quais o seu animal está exposto quando passeia por parques e jardins.

  • Uma só picada de mosquito de qualquer espécie (inclusive o mosquito tigre), pode infestar o seu animal com o parasita do coração.

  • Existe um novo parasita chamado Thelazia ou parasita do olho, que já está presente em muitas zonas do nosso país.

  • Os parasitas podem provocar graves danos ao seu animal. Esquecer ou atrasar o tratamento pode aumentar o risco de consequências para a sua saúde.

  • O seu animal pode estar aparentemente são por fora enquanto os parasitas estão a crescer por dentro. É possível que não veja imediatamente os sinais até que a infeção seja grave.

  • Alguns parasitas podem passar dos animais para as pessoas, por contacto ou através do meio ambiente. Desparasitar minimiza o risco de zoonose.

Alguns truques e conselhos de prevenção

  • Cubra os parques infantis caseiros quando não estão a ser usados.

  • Assegure-se de que os seus filhos e você mesmo lavam as mãos depois de brincarem com o vosso animal ao ar livre.

  • Lave todas as frutas e verduras.

  • Cozinhe a carne cuidadosamente e não alimente o seu animal com carne crua.

  • Quando vai de viagem, o seu animal poderá estar exposto a novos e diferentes tipos de parasitas. Assim, antes de se deslocar, consulte o seu médico veterinário.

    

Planeta Animal - Cuidamos e Protegemos.

 

O texto deste artigo e algumas das imagens aqui utilizadas foram obtidas a partir de folhetos ou websites da Elanco, a quem agradecemos a divulgação da informação.