06Notícias

5 dicas para manter a casa arrumada e limpa!

São muitas vezes os nossos melhores amigos e a amizade que desenvolvemos com eles não se assemelha a nenhuma outra. No entanto, a acompanhar tanto...

O tecido favorito dos gatos!

Quem lida com gatinhos conhece bem a necessidade que estes felinos têm em afiar as garras, acabando por arranhar os nossos sofás, carpetes e todos...

25 Anos do Espaço Animal!

São 25 anos de dedicação e cuidados com os animais de estimação da cidade e da região! A petshop Espaço Animal, que está na origem do Planeta Animal...

Estudos demonstram: o nosso stress contagia os animais

  A personalidade do dono afeta as concentrações de cortisol no seu cão Uma pesquisa publicada recentemente no jornal Scientific Reports, apresenta...

Um circo amigo dos animais!

Um circo alemão fez uma mudança radical nas suas práticas ao passar a usar hologramas em vez de animais verdadeiros. Desde 2018, que quem vai ao...

Dermatite em cães e os perigos dentro de casa

As dermatites, que causam comichão excessiva, forte incómodo, vermelhidão e pequenas feridas pelo corpo dos cães, estão entre as principais causas de queixas nas consultas veterinárias. As infeções dermatológicas nos animais podem ser desencadeadas por diversos fatores, como alimentação desequilibrada, picadas de pulgas e carraças, presença de outros parasitas e até mesmo pelo contato com produtos tóxicos e químicos armazenados dentro de casa.

Assim, não basta apenas olhar para fora e preocupar-se por onde o cão passeia ou com quais outros animais ele tem contato. É preciso, antes disso, voltar a atenção ao ambiente interno e ficar vigilante em relação às condições de higiene e segurança do lugar onde o cão vive.

 

As doenças de pele mais comuns nos cães

Antes de falarmos sobre as orientações práticas de cuidados com o ambiente para eliminar possíveis causas das dermatites caninas, é importante destacar quais são as principais doenças de pele que acometem os cães. A sarna, as micoses e as alergias estão entre as mais comuns.

 

Sarnas

Causada por ácaros, a sarna pode levar à queda e falhas de pêlo na região próxima dos olhos e causar comichão.

 

Micoses

As micoses são ocasionadas por fungos e os indícios são lesões avermelhadas na pele que vão aumentando de tamanho e causando a queda do pêlo.

 

Alergias

Inúmeros fatores podem gerar alergias que levam aos quadros de dermatites em cães. Ao identificar que o animal está a coçar-se muito, tem vermelhidão na pele ou inflamações, não hesite em procurar o veterinário. Talvez seja necessário fazer uma dieta de exclusão, por conta de algum alimento inadequado, ou realizar testes que indiquem uma possível causa.

 

Agentes caseiros das dermatites em cachorros

Com as principais doenças de pele citadas, é preciso saber agora, quais os inimigos que dormem ao lado e que, muitas vezes, são ignorados ou desconhecidos pelos donos. Tratam-se de agentes caseiros que podem agir como gatilhos para as dermatites caninas.

É sabido que as inflamações na pele são uma resposta do organismo aos parasitas e/ou às substâncias que estão no ambiente e aqui incluem-se, então, além das carraças, pulgas e ácaros e o pólen, produtos como: ácidos, borracha, cigarros, detergentes, inseticidas, soluções para a limpeza, sabonetes, shampôs (até mesmo os próprios para pets), solventes, plásticos e perfumes.

 

Como prevenir e proteger o pet em casa?

Manter a casa em ordem é fundamental para diminuir as chances do seu animal desenvolver uma dermatite. A higiene do local onde ele vive é indispensável para a sua boa saúde e bem-estar. Uma boa ventilação e entrada de luz natural também são importantes.

Em relação aos agentes domésticos, como os que citamos acima, armazená-los corretamente e longe dos cães é a melhor forma de prevenir que uma reação dermatológica seja desencadeada.

Conhecendo agora alguns dos produtos nocivos, você pode deixá-los distantes do seu companheiro de quatro patas ou mesmo não consumi-los mais.

Outras formas de prevenção das dermatites são a escovação regular da pelagem e a manutenção de uma dieta equilibrada e livre de alimentos não indicados para os cães.

Fonte: Konigbrasil

 

Planeta Animal - Cuidamos e Protegemos!